Viradão da Arte Efêmera - Pontos extras para o 2º bimestre


 No final do mês de maio foi realizado o "Viradão da Arte Efêmera", cuja proposta foi a de criar arte efêmera com alimentos.
Durante um fim de semana os alunos deveriam elaborar e produzir sua arte efêmera com alimentos, fotografar e enviar para Professora Adriana Quintans.
Foi um trabalho extra classe e que valeria dois pontos extras para o 2º bimestre.
Vamos ver quem aproveitou a a chance?

Adrielle Ramos - 901 

Ana Karoline - 901

Aparecida Pinto -901

Juliana Benevides - 901

Joyce de Medeiros - 901

Luana Sousa - 901

Maíra Pizzo- 901

Yasmim Poliana - 902

Alessandra Metz - 903

Arte Contemporânea - 9º ano e 2º ano Ensino Médio


A vivência e experiências do fazer artístico e do desenvolvimento do olhar estético.
A proposta foi, a partir de um desenho pré-elaborado, continuar as linhas e formas, evidenciando as principais características da Arte Contemporânea.
Trabalhar a mesma proposta com ensino fundamental e médio foi interessante e valioso para observar a maturidade de cada turma e o olhar que cada faixa etária lança sobre um mesmo período da História da Arte, visto que cada ano teve uma abordagem diferente sobre o mesmo período.
Vamos ver alguns trabalhos?

Desenhos pré-elaborados:




Criações 9º ano:




Destaque para a aluna Ana Beatriz da turma 902, que mesmo faltando a aula e não adquirindo um dos desenhos pré-elaborados, não perdeu tempo e criou o seu próprio trabalho de Arte Contemporânea:



 Criações 2º ano:




Linhas, cores, figuras geométricas e muita criatividade

Após estudarmos tipos de linhas, cores, simetria e origamis; partimos para produções que envolvessem os conceitos adquiridos.
As alunas do 1º ano CN tiveram p prazer de conhecer um pouquinho da obra de dois artistas fantásticos: Pablo Picasso e Joan Miró.

No 1º trabalho foi pedido que elas observassem a obra "Yellow Jug" de Pablo Picasso. Daí, se apropriassem de pelo menos 3 elementos da obra e continuassem os seus desenhos com diversos tipos de linhas. Não esquecendo das cores também. Olha só uma pequena mostra das obras criadas em sala de aula!

Yellow Jug - Pablo Picasso


Obras criadas pelos alunos do 1º ano do curso normal - 1001 e 1002 CN



No 2º trabalho construímos origamis de caixinhas com tampa cujas ilustrações basearam´se nas linhas e cores das obras de Joan Miró.
Foi enviado, via Facebbok, a seguinte fonte de inspiração:
http://www.pinturasemtela.com.br/miro-pintor-e-escultor-surrealista-espanhol-e-suas-obras-principais/
Vamos ver o resultado?
 


Estréia do 9° ano em nosso blog Arte da Manhã

Ao longo do 1° bimestre deste ano os alunos do 9° ano tiveram contato com as vanguardas artísticas que influenciaram o Modernismo brasileiro.

O termo vanguarda significa aquilo que está à frente, logo, vanguardistas são artistas que buscam inovar a arte e fazê-la avançar no tempo, ou mesmo adequá-la às mudanças de seu tempo.
Como exemplo temos o Movimento Antropofágo e toda a Semana de Arte Moderna de 1922, que foi uma reação de jovens artistas ao academicismo brasileiro.
Nossos alunos tiveram contato com o Cubismo, Futurismo e o Expressionismo.
Vamos ver o que foi produzido?

Cubismo

A primeira vanguarda artística estudada pelo alunos do 9° ano foi o Cubismo e para entrar no universo das características deste movimento artístico nada melhor que produzir algumas obras seguindo o mestre Pablo Picasso - principal nome do Cubismo.
Nossos alunos experimentaram trabalhar no site picassohead.com e produziram obras muito interessantes.
Vamos dar uma olhadinha:




Expressionismo


Movimento artístico que teve seu auge no final do século XIX e início do século XX.
Sem preocupação com a beleza ou com os padrões procura mostrar as impressões, denuncia, não raro, as mazelas sociais, tem uma extensão dramática e às vezes subjetiva.
O período em que se desenvolveu esse movimento artísticos foi muito conturbado. Cenário da primeira guerra mundial, da revolução russa, do período entre guerras. Todos esses eventos propiciaram um clima com características únicas e férteis para tal movimento.
Edvard Munch, pintor de "O Grito" foi um importante artista plástico norueguês. É considerado, por muitos estudiosos das artes plásticas, como um dos artistas que iniciaram o expressionismo na Alemanha.

A pintura "O Grito" é o melhor exemplo do estilo artístico denominado Expressionismo.









Com base nestas e em outras informações sobre o Expressionismo foi pedido que cada aluno, a partir do personagem central do quadro, criasse uma releitura do mesmo abordando denúncias sociais a partir de reportagem e matérias de jornais e revistas.

Vamos conferir o resultado?



Semana de Arte Moderna - 90 anos

Em fevereiro de 2012 fez 90 anos que aconteceu em São Paulo a Semana de Arte Moderna.
A inauguração do movimento modernista brasileiro, que aconteceu de 11 a 18 de fevereiro de 1922, foi lembrada em nosso colégio com o desenvolvimento de um trabalho que envolveu a fabricação de massinha de modelar caseira, o Abaporu e sua releitura.
A Semana de Arte Moderna representou uma verdadeira renovação de linguagem, na busca de experimentação e na liberdade criadora da ruptura com o passado em busca de uma arte genuinamente brasileira. O evento marcou época ao apresentar novas ideias e conceitos artísticos
Por este motivo pedi que os alunos fizessem uma releitura em 3D do Abaporu. Não queria uma simples cópia, já que nossos artistas modernistas lutaram tanto por mudanças, por que não pensar em como estaria o Abaporu hoje em dia?
Tem Abaporu skatista, Abaporu com piercing, Abaporu gótico, Abaporu envelhecido, Abaporu com dreads, Abaporu dançarino, Abaporu jogador de futebol e por aí vai...
Vamos ver no que resultou tudo isso?

















Ficou muito bom! O que vocês acharam? Deem a sua opinião.

Releitura da obra de arte O Grito

Para comemorarmos o Dia Internacional da Fotografia - 19 de agosto - foi proposto para os alunos do 3° ano do Curso Normal do ano de 2012 que fizessem a releitura de uma das obras mais famosas da História da Arte, o quadro O Grito de Edvard Munch, utilizando a fotografia como meio de expressão.
Os alunos também puderam conhecer o movimento Expressionista, o qual faz parte a obra de arte em questão, e aprenderam que o Expressionismo não apresentava preocupação com a beleza ou com os padrões procura mostrar as impressões, denuncia, não raro, as mazelas sociais, tem uma extensão dramática e às vezes subjetiva.
O período em que se desenvolveu esse movimento artístico foi muito conturbado. Cenário da primeira guerra mundial, da revolução russa, do período entre guerras. Todos esses eventos propiciaram um clima com características únicas e férteis para tal movimento.

Vamos ver a criatividade deles representando uma denúncia social através da releitura proposta?


 
   O Grito de Edvard Munch

Releituras: